Vamos ser sinceros – embora receber dinheiro possa ser muito viciante, o faturamento é um pesadelo total para freelancers, especialmente designers.

No entanto, a verdade do negócio freelance é que você precisa não apenas de sua habilidade de design para ter sucesso, mas também da capacidade de gerenciar o faturamento para manter seu negócio funcionando sem problemas do lado financeiro ou frustração do lado do cliente.

Falamos de profissionalismo, mas, na verdade, tudo o que você precisa é fazer direito. Escolher o software de faturamento certo, implementar as políticas e o método de cobrança corretos, solicitar o método de pagamento adequado, gerenciar o registro da fatura corretamente, este artigo é sobre compartilhar as dicas certas para você fazer o faturamento certo.

Portanto, aprenda com as dicas certas, então você está no caminho certo para fazer o faturamento certo e, o mais importante, profissional.

10+ melhores geradores de faturas grátis

1. Usando ferramentas (ou serviços) de faturamento confiáveis

A primeira coisa que você precisa fazer ao preparar faturas para seus clientes é selecionar um bom software de faturamento. Existem muitos softwares de faturamento no mercado que o ajudarão a criar faturas convincentes, portanto, você provavelmente não precisa se preocupar em escolher o correto.

É melhor usar um serviço de faturamento on-line, pois ele o ajudará a rastrear facilmente seus clientes e a quantia de dinheiro que você deve. Alguns dos softwares de faturamento são pagos, enquanto outros são gratuitos. Independentemente do serviço que você decidir usar, certifique-se de que ele atenda todas as suas necessidades com os recursos que você exigiu.

2. Crie suas políticas…

É normal querer ser pago depois de trabalhar para um cliente. No entanto, no mundo real, nem todos os clientes pagam em dia. Como designer gráfico freelance, você encontrará clientes teimosos que pagam metade do valor e depois desaparecem. Alguns de seus clientes vão até se recusar a pagá-lo.

Para minimizar a ocorrência de tais casos, você precisa criar políticas relacionadas a pagamentos. Você pode considerar os seguintes fatores em sua política de faturamento:

  • Que modo de pagamento você usará – dinheiro, cheque ou cartão de crédito?
  • Quanto o cliente deve pagar como adiantamento?
  • Você vai começar o trabalho sem nenhum pagamento?
  • Quantos dias você vai esperar antes que o cliente pague?
  • Você vai impor multas por pagamentos atrasados?
  • Quando o cliente receberá o trabalho final – antes ou depois de efetuar os pagamentos?

Tenha em mente que essas políticas não estão escritas em pedra, mas apenas funcionam como uma diretriz. Haverá ocasiões em que você será forçado a ser flexível e fazer alterações em suas políticas para acomodar um cliente.

3. E siga suas políticas

Os clientes não gostam de surpresas. Informe os clientes sobre suas políticas, incluindo sua estrutura de preços. Eles também devem ser informados se quaisquer alterações forem feitas nas políticas.

política de faturamento

Os clientes podem se recusar a pagar ou podem estar inclinados a fazer pagamentos atrasados ​​se forem surpreendidos por alguma informação em suas faturas.

Como freelancer, você precisa desenvolver confiança com seus clientes. Deixar tudo claro em suas políticas não apenas o tornará mais digno de crédito para os clientes, mas também potencialmente lhe renderá mais empregos.

4. Pense em suas cobranças

Você já ouviu falar que a primeira regra de preços é nunca cobrar menos. Isto é tão verdade. Seus preços precisam estar alinhados com os de seus concorrentes. Não se atreva a cotar preços mais baixos para atrair clientes.

A razão é que, se você subestimar seus serviços, é mais provável que você atraia clientes baratos que lhe dão empregos longos e tediosos e depois desaparecem sem pagar um centavo.

Além disso, decida seu método de preços. Determine se você fixará seu preço com base no trabalho realizado ou por hora, informe o cliente, para que ele não tenha dúvidas sobre como você cobra.

5. Incluir serviços e encargos

Todas as suas faturas devem indicar os serviços prestados e o valor cobrado. Isso torna mais fácil para os clientes entenderem o que estão sendo solicitados a pagar.

Isso também ajudará você e o cliente a monitorar o que já foi pago e o valor pendente, mantendo assim um registro atualizado de pagamentos e tarefas concluídas.

Além disso, observe que a maioria dos designers gráficos freelancers prefere que seus clientes paguem à vista antes de iniciar o projeto. Assim, ao criar uma fatura, indique claramente se o pagamento é para a totalidade ou parte do projeto.

6. Suas formas de pagamento aceitas

Seus clientes precisam saber quais serviços de pagamento foram prestados.

Alguns de seus clientes podem se sentir à vontade para pagar em dinheiro, enquanto outros podem estar dispostos a passar cheques ou fazer pagamentos com cartão de crédito. Tudo bem, desde que você escolha um método que seja aceitável para você e seus clientes.

Métodos de Pagamento

Na maioria dos designers PayPal é a sua escolha favorita, pois é conveniente, rápido e seguro.

7. Quando vencerão os pagamentos?

Muitos designers gráficos freelancers não recebem pagamentos por projetos realizados, pois não informam seus clientes quando os pagamentos são devidos. Certifique-se de incluir uma data de vencimento em cada fatura que enviar para reduzir a ocorrência de pagamentos em atraso.

Observe que incluir datas de vencimento na fatura é útil mesmo que seus clientes sempre façam seus pagamentos em dia, falando sobre segurança.

8. Inclua seus dados de contato

Ao criar sua fatura, não se esqueça de incluir seus nomes completos, endereço, número de telefone e e-mail. Algumas das faturas que você envia passarão por várias pessoas antes de serem pagas. É muito mais fácil se a pessoa que recebe a fatura souber de onde ela é.

Além disso, eles podem precisar de esclarecimentos sobre alguns itens, e incluir suas informações de contato facilita o contato com você.

Detalhes do contato

A não inclusão de suas informações de contato na fatura pode resultar em atrasos no pagamento. Os clientes também podem precisar de suas informações de contato como parte de sua política de manutenção de registros.

9. Numere suas faturas

Como freelancer, você terá que lidar com muitos clientes e, no processo, enviará muitas faturas. Assim, você precisa encontrar uma maneira de monitorar e organizar suas faturas.

número-sua-faturas

A maioria dos softwares de faturamento mencionados acima inclui um sistema de numeração, que você pode usar para acompanhar os pagamentos.

Um bom sistema de numeração permite monitorar pagamentos e acompanhar pagamentos em atraso ou clientes inadimplentes. Simplesmente economiza tempo e esforço pesquisando aqui e ali ou acabou faturando clientes que já pagaram.

10. Mantendo um registro

Lembre-se sempre de que o backup é o salvador de todos os problemas de negócios. É tão essencial que, se você não fizer isso e perder o registro de faturas, não haverá como rastrear quais clientes foram faturados e quais não foram.

Crie o hábito, faça sempre um backup do seu registro de fatura. Você pode fotocopiá-los, imprimi-los ou baixá-los no armazenamento local do seu computador, desde que tenha uma cópia deles.

Além disso, guarde qualquer e-mail e carta relacionados à fatura, para que, quando algo acontecer, você sempre tenha uma referência extra e agradecerá a si mesmo por mantê-los bem.

Bônus: faça acompanhamentos

Nem todos os seus clientes responderão às suas faturas a tempo. À medida que a data de vencimento se aproxima, pergunte educadamente aos clientes se eles enviaram ou não seus pagamentos.

Sim, seja educado ao fazer follow-ups porque, embora certos clientes estejam dispostos a pagar, eles podem simplesmente ter esquecido os pagamentos.

acompanhamento de clientes

Por fim, você precisa ser sistemático ao lidar com questões de faturamento levantadas por seus clientes. Responder atempadamente às preocupações do seu cliente retrata o seu profissionalismo e aumentará a probabilidade de ele lhe dar mais projetos.
Neste artigo, abordamos Como faturar seus clientes profissionalmente (10 dicas). Siga os passos para obter os melhores resultados.
Não hesite em nos informar se tiver dúvidas ou comentários sobre este artigo, responderemos o mais rápido possível.